13 de maio: Dia de luta no Rio

20150513_175846Cento e vinte e sete anos após a promulgação da Lei Imperial 3.353, a Lei Áurea, que serviu para fechar o ciclo de revoltas escravas no Brasil muito pouco mudou. Os afros descendentes deixaram a senzala e foram para as favelas. Nestas a polícia assassina do estado dos ricos mata centenas de negros todos os anos. Para a maioria dos trabalhadores as condições de trabalho seguem análogas as encontradas durante a escravidão. Naquele momento como hoje a classe promove lutas de resistências.

Os servidores públicos se enfrentam com o ajuste fiscal em lutas e mobilizações por todo o país. Neste momento sua vanguarda são as greves e mobilizações dos profissionais de educação de 10 estados e dezenas de municípios. Aqui no Rio os servidores de Angra dos Reis se enfrentam com os ataques da prefeita do PT.

Ao final da tarde deste 13 de maio as escadarias do Palácio Tiradentes foram ocupadas por duas categorias que protagonizam grandes lutas desde 2011. Bombeiros e Garis se unificaram em um ato em frente à Assembleia Legislativa.

13mai2015atobombeiroO ajuste fiscal do Governo de Luiz Pezão não só mantém e aprofunda o arrocho salarial dos bombeiros militares do estado, como também não acaba com a carência destes profissionais. Faltam mais de 5 mil profissionais neste serviço. Existem 200 bombeiros concursados de 2014 que não foram convocados. Sua convocação reduziria a carência possibilitando uma pequena melhora nas condições de trabalho. Com a convocação, 200 jovens sairiam da condição de desempregados.

A política do PMDB de garantir o aumento do lucro dos patrões a partir da intensificação da exploração dos trabalhadores colocou os garis em mobilização e luta.

Nos dois últimos anos estes trabalhadores arrancaram conquistas da prefeitura com sua organização por fora e contra a direção de seu sindicato. A maioria destes trabalhadores são negros descendentes dos escravos das lavouras de cana de açúcar e café. Moram em bairros e favelas que são verdadeiros guetos na cidade maravilhosa. Com sua luta conseguiram alcançar uma pequena melhora nas condições de salários e qualidade de vida. Para o PMDB isso é inaceitável. Por isso, Eduardo Paes, prefeito da cidade, resolveu demitir cerca de 50 líderes do movimento de resistência. Sua política é antidemocrática, antissindical e confirma a intenção de vingança contra a luta destes profissionais.

Representantes da CSP-Conlutas estiveram no Ato Unificado de Bombeiros e Garis. Sua presença foi para demonstrar a solidariedade e o incondicional apoio da central às lutas destas categorias profissionais. Exigimos a imediata convocação e posse dos 200 concursados de 2014 no quadro efetivo do Corpo de Bombeiros Militares. Exigimos do governador melhores salários, condições de trabalho e desmilitarização deste serviço de utilidade pública. Só assim os bombeiros terão mais qualidade de vida, poderão organizar um sindicato que defenda seus interesses e terão os mesmos direitos dos demais trabalhadores.

Exigimos do Prefeito Eduardo Paes a imediata readmissão dos demitidos e anulação dos atos administrativos retaliatórios a organização sindical e exercício do direito de greve dos trabalhadores garis.

Por fim conclamamos a estes e a todos os trabalhadores a se somarem ao esforço de construção de uma greve geral no país. Só com a paralisação da produção nacional poderemos impor uma derrota aos planos dos governos do PT, PMDB, PSDB e demais partidos. Nossa unidade na luta pode derrotar o ajuste fiscal, o PL 4330, das terceirizações, as Medidas Provisórias 664 e 665. Nossa luta pode garantir os direitos conquistados e amplia-los até a vitória final.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s