Em Caxias prefeitura do PMDB manda espancar educadores para aprovar aumento do desconto da previdência

A manchete do G1 | Rio de Janeiro, publicada na sexta-feira (04/08) afirma que “Professores de Duque de Caxias fazem protesto e ocupam a Câmara”. A matéria também diz que houve confusão com a segurança da casa na noite de quinta-feira (03).

Contudo o que não consta na curta matéria do jornal “on line” das Organizações O Globo, é que os salários de professores e funcionários do Município de Duque de Caxias não está sendo pago em dia. Há recorrentes atrasos e parcelamento.

Não satisfeito em deixar sem salários os servidores da ativa e aposentados do município, o Sr. Washington Reis (PMDB), prefeito da cidade, pretende aprovar um projeto que acaba com os direitos do plano de carreira e ainda aumenta a contribuição previdenciária.

Legitimamente os trabalhadores da educação municipal reagiram ao brutal ataque. Para impedir tal insensatez e mais este ataque desumano ocuparam a Câmara Municipal. Sua ação pretendia evitar que os vereadores votassem mais medidas contra os interesses dos trabalhadores e do povo caxiense.

A CSP-Conlutas se solidariza e apoia, incondicionalmente, a ação e a mobilização dos trabalhadores das escolas municipais, em Duque de Caxias. Exigimos, em primeiro lugar que o prefeito pague regularmente todos os salários de ativos e aposentados. Para isso Washington deve suspender todos os pagamentos a fornecedores e credores das dívidas públicas do município. Exigimos também a abertura das contas da prefeitura e previdência social do município. Antes de aumentar um centavo no desconto da previdência estas contas devem sofrer uma auditoria independente, controlada pelas entidades representativas do funcionalismo.

Por fim repudiamos a gratuita violência contra os trabalhadores e sua legítima manifestação. É inadmissível que os governantes do PMDB sempre pretendam resolver problemas sociais com abuso de autoridade e violência. Lutar por seus direitos não é crime. O Sr. Washington Reis e os vereadores de Duque de Caxias não têm moral e nem legitimidade para alterar o plano de carreiras e aumentar a alíquota da previdência de servidores com anos de dedicação a educação municipal naquela cidade.

  • CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS
  • FORA WASHINGTON REIS!
  • FORA PEZÃO!
  • FORA TEMER!
  • FORA TODOS OS CORRUPTOS!
  • PRISÃO E CONFISCO DE TODOS OS CORRUPTOS E CORRUPTORES!