Preparar a Marcha Nacional dos trabalhadores e trabalhadoras no dia 18 de setembro

18set2015marchaCSP-Conlutas e várias outras entidades, construíram a Plenária Sindical e Popular do Espaço de Unidade de Ação, realizada em São Paulo..
A plenária reuniu mais de 250 ativistas, de entidades sindicais, movimentos populares, teve presença de organizações da juventude, representações do PSTU, do PCB e setores do PSOL, grevistas do COMPERJ, servidores públicos, vindos de 9 estados e do Distrito Federal.
Essa plenária abriu caminho para a construção de um campo político alternativo aos dois campos burgueses. Um que construiu as manifestações de 16 e outro as do 20 de agosto.
Buscamos dialogar com setores que estavam organizando o ato do dia 20 em São Paulo, lançado inicialmente pelo MTST, e depois assumido como iniciativa nacional, de blindagem do governo Dilma. Da plenária aprovamos um chamado e levamos às organizações que convocavam o dia 20 a proposta de que o ato também fosse explicitamente, desde a convocação, contra os ataques do governo federal, e não só contra os ataques da direita. Não propusemos que fosse contra o governo, pois sabíamos que essa posição não seria aceita.
Mas mesmo essa tentativa de acordo não deu certo. A proposta foi rejeitada por todos os setores, incluindo não só as organizações governistas, mas também por setores da Direção do PSOL, pelo MTST e Intersindical-central.
Para apresentar aos trabalhadores uma alternativa de classe, acelerar a experiência com suas velhas direções, que tentaram manipulá-los no dia 20, temos que construir um poderoso dia 18 de setembro. A marcha do dia 18 pode ser uma concretização para um setor minoritário, mas que se amplia a cada dia, de uma alternativa classista que mobilize as massas trabalhadoras contra os planos do imperialismo, dos patrões e dos governos.
A marcha ocorrerá em São Paulo, mas será uma ação política nacional construída nos estados, nos locais de trabalho, nas escolas, bairros populares e movimentos sociais, acoplada a um encontro de lutadores, no dia seguinte (19/09).

Clique aqui e baixe para colocar no seu local de trabalho, estudo ou moradia o panfleto de convocação da Marcha Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras