24 de maio: Vamos ocupar Brasília e preparar a Greve Geral de 48 horas

As Centrais Sindicais, reunidas na tarde desta segunda-feira (8), decidiram marcar a data do #OcupeBrasília, no próximo dia 24 de maio. Apoiadas na disposição de luta dos trabalhadoras e trabalhadores brasileiros, que se refletiu nas jornadas de luta de março e na força da Greve Geral de 28 de abril, a ideia é avançar na mobilização nacional contra as reformas da Previdência, a trabalhista e a terceirização.

O objetivo é fazer mais um dia de mobilização que entre para a história do país, com a presença de milhares de trabalhadoras, de trabalhadores, dos movimentos populares e da juventude que ocupe toda a esplanada dos ministérios. É necessário dar mais um passo em defesa das nossas bandeiras e reafirmar que esse governo de Michel Temer e os políticos corruptos do Congresso Nacional não têm moral para atacar ainda mais os trabalhadores com a retirada de direitos históricos da nossa classe.

Além da Marcha a Brasília, as centrais organizaram um calendário de lutas para todo o mês, com uma comitiva permanente de dirigentes sindicais no Congresso Nacional, além de atividades nas fábricas, lojas, portos, aeroportos e demais locais de trabalho.

Todas e todos os trabalhadores devem exigir de seu sindicato uma paralisação nesta data que permita o deslocamento até a capital do país. Também os sindicatos e as demais entidades dos movimentos popular e estudantil devem convocar assembleias para aprovar a exigência de que as centrais marquem a data de uma nova greve geral, de 48 horas, para derrotar de uma vez os planos de ajuste fiscal e as reformas.

Cabe aos Comitês de Mobilização contra a Reforma da Previdência organizar atividades nos bairros, nas ruas de arrecadação de fundos que financie a caravana que sairá do Rio de Janeiro.

A todas e todos que se organizam em oposições e demais movimentos sociais entrem em contato. Façam parte desta caravana histórica em defesa dos direitos dos trabalhadores e do povo.

Veja aqui o calendário de lutas

Anúncios