Capitalismo queima memória


Nesse dia 03 de setembro, um dia após a tragédia do Museu Nacional do Rio de Janeiro, milhares de pessoas lotaram a Cinelândia em solidariedade e protesto contra o que foi uma grande perda para a história, cultura e ciência do país. Quem sai perdendo com essa tragédia além de pesquisadores, professores e estudantes de todo o país, é a população que tinha ali uma opção de lazer.

O que se viu na Cinelândia foi várias manifestações e protestos contra a negligência de Governantes com cortes de orçamentos para a manutenção do Museu, o que desencadeou essa perca irreparável.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Ato que teve início às 16h na Cinelândia, e com gritos de fora Temer, seguiu seu percurso até a ALERJ, deixando todos com sentimento de tristeza.

Nota e Fotos: Ricardo Soares

Anúncios