DIA 8 DE MARÇO NO RIO DE JANEIRO VAI SER DE LUTA!


O 8 de março é data de luta em defesa dos direitos das mulheres. Neste ano, as mobilizações serão um marco e terão caráter internacionalista que significará um avanço na organização das mulheres contra os mesmos ataques e os mesmos inimigos.
8mar2017mulherNo mundo inteiro, as mulheres têm sido protagonistas de lutas importantes e necessárias para a conquista de direitos e contra o machismo e os ataques do neoliberalismo. De 2016 pra cá, na Polônia elas estiveram de preto em dia de greve geral pelo direito ao aborto, estiveram na Suécia contra o estupro, em países islâmicos contra a opressão e por igualdade, no Brasil, na Argentina – com uma hora de greve – e em outros países latino-americanos, protestando contra a violência, o feminicídio cada vez mais presente e a política de ajustes fiscais dos governos, na França contra a reforma trabalhista, mais recentemente nos Estados Unidos, contra a política xenófoba, o perfil racista, lgbtfóbico e misógino do presidente Donald Trump e também seus planos de austeridade.
O ato será unificado e terá concentração entre às 16h e 18h na Candelária e o eixo será “8M – NENHUM DIREITO A MENOS! CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA! GREVE INTERNACIONAL DE MULHERES!
Por isso, a CSP-Conlutas convoca sindicatos, estudantes, movimentos, entidades e coletivos que tenham iniciativas para a hora M e organize as mulheres com roupa ou fitas roxas para o ato do dia 8 de março! Leia mais…

NÃO À PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE


FORA PEZÃO, ELEIÇÕES GERAIS JÁ!

GREVE GERAL CONTRA O PACOTE E AS REFORMAS DE TEMER!

21fev2017bannerAprovação pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, ALERJ, da autorização para a venda da CEDAE, sem dúvida alguma, representa um duro ataque aos trabalhadores e ao povo pobre do Estado do Rio de Janeiro, mas a luta contra o Pacote de Pezão e as reformas de Temer apenas começou. Mais que nunca é preciso chamar uma grande mobilização pelo FORA PEZÃO que unifique todos os segmentos dos trabalhadores, servidores, juventude e que coloque abaixo esse governo e construir a GREVE GERAL contra o pacote e as reformas de Temer. Leia mais…

Em defesa do abastecimento e saneamento público, de qualidade e que atenda os interesses dos trabalhadores e do povo


Não a privatização da CEDAE

13fev2017adesivocedaeAgora, com a desculpa de sanear e fechar os rombos nas contas públicas com uma suposta redução de gastos, os cavaleiros da cúpula do PMDB, resolvem entregar a CEDAE. A receita operacional desta empresa pública de abastecimento e saneamento, em 2015, foi de quase cinco bilhões de reais. Ao contrário do que afirmam a Rede Globo e Pezão, a empresa é lucrativa. Em 2015, o lucro líquido foi de quase um quarto de bilhão de reais. Leia mais…

Direção Nacional da CSP-Conlutas promove Seminário sobre Reforma da Previdência


3fev2017seminarioCom o anúncio da Reforma da Previdência do governo Temer, que deve acabar com as aposentadorias e pensões, a mobilização da classe trabalhadora, dos movimentos e entidades sindicais é urgente e mais que necessária. Por isso, para discutir o tema e organizar nosso enfrentamento a mais este ataque, a CSP-Conlutas, que já inicia uma ampla campanha sobre o assunto, realizará o Seminário Nacional contra a Reforma da Previdência, que acontecerá em São Paulo, no dia 4 de fevereiro.

Leia mais…

Confira aqui o vídeo

Nota do Movimento SOS Emprego


26jan2017msoseO Movimento SOS Emprego convida a todos companheiros para uma manifestação no próximo dia 31 as 10h em frente ao Carrefour do Barreto na BR 101, com o objetivo de chamar a atenção das autoridades para a situação caótica do desemprego no Rio de Janeiro e exigir dos governantes uma reunião de emergência para discutir a pautal entregue ao Ministro do Trabalho que trata da retomada das obras; calote praticado pelas empresas; das listas de exclusão feito pela Petrobras e outras empresas; do problema da mão de obra local; da criação de pisos nacionais por profissão; etc.
No mês de dezembro tivemos reunião com o Ministro do Trabalho que nos prometeu realizar esta referida reunião até o dia 20 de janeiro, o que não aconteceu.
Estaremos pedindo ajuda aos sindicatos de luta para financiamento de transporte e alimentação para esta atividade e pedimos a todos colaboradores que divulguem e participe desta manifestação.
A mobilização de todos desempregado é de extrema importância, pois sabemos que sem luta só teremos o aprofundamento da crise vivida nos lares de cada trabalhador que não suporta mais pagar a conta da roubalheira que os governantes promovem em um pais de gigantesca riqueza.
Temos reunião apontada para fevereiro com o diretor de abastecimento da Petrobras, que foi resultante da reunião com este diretor patrocinada pela comissão de trabalho da Alerj e discutirá entre outras coisas as vagas da obra da UPGN prevista no COMPERJ, além da retomada da indústria naval.

Rio de janeiro 26 de janeiro de 2017
Coordenação do Movimento SOS Emprego